Páginas

segunda-feira, 8 de maio de 2017

SABE PRAGA? QUERO ESQUECER O BBB MAS ELE NÃO ME DEIXA...


Sim, eu quero esquecer essa edição macabra, mas o BBB não me deixa... Vou as redes sociais, me deparo com as caprichetes fanáticas postando sobre a filha de Satã com fotos supimpas e fôfas... kkk, não consigo  ficar imune, como um sanguessuga colado no corpo. Cruz credo! Vejo coisas curiosas, os fandons que se chamam "Mally" insistem em postar fotos da órfãnzinha sofrida, com apelos de coitadinha, de abandonada de trouxa porque foi rejeitada pelo algoz Marcos Harter. 
Em primeiro lugar a tal órfã de trouxa não tem nada, acorda garotada, ela deve estar rindo de vocês... Foi tudo armado, articulado com o ardil e a exatidão diabólica dos quintos dos infernos!
Ela passou um atestado gigante ao nobre doctor Marcos Harter de otário, expôs ele ao ridículo e finalmente, no seu golpe de misericórdia o expulsou forjando e o provocando até levá-lo ao limite de um ser humano, com o único propósito de simular truculência e agressão física, que seria e foi o gancho para tirá-lo de seu caminho e abocanhar o prêmio.
Uma moça alpinista, que pode ser caracterizada como macaca de auditório sertanejo, perseguindo incessantemente um lugar de destaque social e sua busca insana por  fama e glamour é tão focada e fria que ela não mede atos e esforços para atropelar sentimentos, pessoas e situações, desde que possa atingir seus objetivos.
Ela perseguiu o sertanejo Juliano de uma forma tão louca que o rapaz está como eu, quer ver o diabo, mas não quer vê-la de jeito nenhum. Uma vez, ela descobriu o hotel que o rapaz estava numa cidade em que fazia show e  se hospedou no mesmo hotel (conta e dinheiro dado pelo amante de sua irmã Mayla, um Sr. de mais de 60 anos que a sustentava) quando o sertanejo chegou encontrou-a dando entrevista a imprensa, como se fosse sua mulher. Assim relatam seus vizinhos, conforme post de uma amiga de Eldorado no Twitter.







Já até postei isso, mas as caprichetes no mundo encantado da "Alice", insistem em pintar a filha de Satã como a pobre e sofrida órfã, que agora sofre por ter sido abandonada por Marcos.
Primeiramente, meus amores, ele, Marcos teria todos os motivos do mundo para rejeitá-la, afinal todos sabemos que ela pediu sim a expulsão dele e mais depôs sim contra ele, se queixou de dores e de sua truculência, não adianta tapar o sol com a peneira amores, a fada de vocês é uma bruxa e isso é inegável. Eu sei, eu sei, é duro aceitar que a fadinha é a enviada de Lúcifer, mas melhor aceitar porque essa é a realidade, qualquer coisa contrária, é fantasia, delírio e sonho. A bicha é ruim mesmo, é fria e o que mais dificulta essa identificação é a sua carinha de anjo, mas vai uma dica, foquem no olhar, ali quem tiver um pouquinho de sensibilidade consegue ver claramente as chamas das trevas.
Vou ser bem má hoje, vou desmascarar a "Alice", porque me sinto na obrigação de mostrar mais uma vez suas falcatruas e o caminho que ela trilhou para alcançar seu objetivo.
Numa ocasião, ela disse a Ilmar e Daniel, e os dois, coitados, ficaram revoltados com aquele chocante relato da trouxa menininha que se dizia enganada e passada para trás por seu empregador, se não me engano ela disse que era um atacado chamado "Xuxa", disse ela, com cara de coitadinha que trabalhava muitas horas por dia e nunca ganhou horas extras, que era explorada e nunca lhe pagaram seus direitos trabalhistas, os dois ficaram indignados com o tal atacado e insistiram para que ela lutasse por seus direitos. Tudo mentira gente, entre tantas, mais essa, porém, inconsequente, porque envolve o nome de um estabelecimento e o difama em rede nacional. Vejam o que o referido atacado responde quando foi avisado da denúncia:


Isso não é nada perto de tantas outras mentiras e dissimulações que fez ali. Quem lembra dela dizendo que seu pai não deixava ela sequer deitar na cama com seus primos porque eram homens? Quase uma virgem falando não é? Pois o que vimos "Goza na minha boca" foi o final de mais uma das suas farsas. Engraçado é que o papai não reclamou, pelo contrário, bate no peito e diz que tem muito orgulho de desempenho de sua filha... É, tem pai que é cego mesmo, ou será que o fruto corresponde a sua árvore? Pensem...
Tem também a história do Kaike, um outro namorado que ela se plantou em sua casa em São Paulo e não saia de jeito nenhum, passou o natal lá, embora ele e sua familia tivessem insistido muito para que ela voltasse ao Rio Grande do Sul, sua cidade natal, onde sua mãe já agonizava... Mesmo assim ela não queria voltar para se despedir da mãe, foi preciso o rapaz e sua família comprarem sua passagem para que ela voltasse a tempo de se despedir da mãe, mesmo contra a vontade. Pode haver algo mais monstruoso que isso para definir a frieza dessa moça? Sua mãe morreu 2 dias depois de sua chegada.
Tem também posts horríveis e assustadores sobre a tortura que ela, juntamente com o pai e sua irmã Mayla faziam com sua mãe... Vou mostrar novamente para que não haja dúvidas, elas dizem que não é a mãe, mas é, a vergonha é tão monstruosa que só resta a elas negarem, já que as imagens falam por si. 



vejam o pai atrás rindo



O que houve aqui foi que a mãe dormia, sedada pelos remédios e elas cortaram seus cabelos... Estamos falando de uma moribunda que agonizava com câncer e isso era para ser trollado? Por suas filhas e seu marido? Respeito? Amor? Só de olhar a cara da mãe chorando, me dói o coração, imaginem o que ela viveu no abandono e descaso da própria família, numa hora em que só precisava de atenção e amor? Postaram no Twitter que sua pobre mãe, sofria muito sozinha porque o pai saia com as namoradas e as duas filhas e deixavam a pobre mulher só e esquecida, com sua dor alucinante física e ainda a emocional. Para mim são monstros, são seres desprezíveis e capazes de tudo. E por que posto isso? Para acabar com essa fantasia doentia de que essa moça é uma pobre abandonada pelo Marcos. Ele errou sim, mas está pagando por seus enganos e seus erros, deixem ele se recuperar e sair dessa, parem de querer fantasiar um casal que não existe e que nunca existiu. Os Mallys estão passando vergonha com essa fantasia.
E outra coisa, parem de duvidar que a filha do Satã o denunciou... Claro que denunciou, que se queixou de agressão, se está certa ou errada é problema dela, mas não venham querer dizer que ela foi surpreendida, se atenham a carta dele gente, aprendam a interpretar textos, unam os fatos, revejam os vídeos, meu Deus! Ela fez exame médico e confirmou que foi agredida. A única coisa nessa denúncia que acho injusta é que ela provocava isso, como uma legítima defesa, primeiro era o ardil de levá-lo a loucura, ao limite suportável e depois as agressões não foram unilateral, houve da parte dela chutes, arranhões e tapas. Quem não viu? Acho e repito que ele foi truculento, mas revendo varias vezes os vídeos, ele estava no limite, ela fazia uma pressão psicológica interminável, sem querer justificar, mas tentando entender, chego a conclusão que ambos deveriam responder por truculência e não apenas ele. Mostrem os vídeos dela chutando ele, arranhando. Onde estão? Até o roxo do braço, eu me lembro, foi numa cena de ciúmes no dia da festa em que ela ficou de biquini se exibindo para a banda, provocando-o para que ele demonstrasse ciúmes, ele beliscou sim, foi bem mais de brincadeira que de agressão, mas entendo que não diminui a culpa no que se refere a agressão, mas por que não fizeram exames nele? Eu respondo, porque ele não se queixou, como ela. Espero que esteja entendido e desenhado. Espero também que entendam, não estou isentando-o de culpa nenhuma, estou apenas querendo que da mesma forma o rigor da lei também pese sobre ela. Fica esse desenho para quem decidir cair na real:


É preciso entender que esse espírito traiçoeiro, frio e abominável pertence ao DNA, pois como uma mulher no mesmo dia que denuncia seu homem por agressão também dorme e transa com ele de tarde?
As páginas policiais já são rotina na família, sua irmã mais velha Karine e seu cunhado Igor, foram processados e presos na operação CARAVAGGIO, por formação de quadrilha e bando armado, com roubos e assaltos diversos, vejam:

Karine

IIgor


"TJ-RS - Apelação Crime : ACR 70040391914 RS - Inteiro Teor
RECOMENDAR COMENTAR
Tribunal de Justiça do Rio Grande do SulPublicado por Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sulhá 5 anos1.381 visualizações
RESUMOINTEIRO TEOREMENTA PARA CITAÇÃO
Inteiro Teor
APELAÇÃO CRIME. OPERAÇÃO CARAVAGGIO. FORMAÇÃO DE QUADRILHA OU BANDO ARMADO. crimeS DE FURTO E ROUBO majorado pelo EMPREGO DE ARMA E CONCURSO DE AGENTES.
PRELIMINARES REJEITADAS.
PROVA. condenaçÕES mantidaS EM SUA MAIORIA.
A materialidade e a autoria da maioria dos delitos de formação de quadrilha, furto e roubos majorados restaram suficientemente comprovadas pelas provas produzida nos autos, principalmente as interceptações telefônicas e os depoimentos das vítimas, com algumas declarações de testemunhas. Os réus negaram os cometimentos dos delitos, com exceção do único acusado por porte ilegal de arma de fogo restrito e munição, mas o conjunto probatório, em sua integralidade, aponta para a autoria segura de quase todos os crimes, restando absolvidos, pela insuficiência probatória, somente os réus Luciano e Édson pelo fato n.º 9, e os réus Rogério e Tiago pelo fato n.º 15, aplicado o princípio do in dubio pro reo .
FORMAÇÃO DE QUADRILHA OU BANDO ARMADO. PÁR. ÚNICO DO ARTIGO 288 DO CP. PROVA SUFICIENTE. CONDENAÇÃO MANTIDA.
A materialidade é incontroversa, frente à prova aferida. A autoria, embora a negativa dos réus, é extraída do cotejo entre os objetos apreendidos, os depoimentos das vítimas e testemunhas e as interceptações telefônicas, que demonstram a finalidade específica dos acusados em cometer crimes de roubo armado, configurando o animus associandi.
Por outro lado, o crime de formação de quadrilha, não exige que todos os integrantes do bando tenham praticado reiteradamente fatos criminosos. Consuma-se no momento em que mais de três agentes reúnem-se com o intuito da prática permanente de delitos e dá início a essa atividade criminosa, como no caso dos autos.
Ademais, a não apreensão das armas utilizadas pelos agentes para a perpetração dos roubos não impede a incidência do disposto no parágrafo único do art. 288 do CP, diante da prova dos autos, nem se configura bis in idem com o delito de roubo majorado pelo emprego de arma, porque cada delito é contra bens jurídicos diversos e autônomos.
MajoranteS DO EMPREGO DE ARMA E CONCURSO DE AGENTES .
Devidamente comprovadas as majorantes do emprego de arma e do concurso de agentes, em todos os delitos de roubo, pelos depoimentos havidos nos autos, bem como pelas interceptações telefônicas. Além disso, demonstrado, pelo modus operandi dos agentes, que sempre agiam em concurso de agentes e armados, de forma organizada, para garantir a perpetração dos delitos.
Majorante reconhecida independentemente da sua não-apreensão e da ausência de perícia. Precedentes jurisprudenciais.
ré janaína. DESCLASSIFICAÇÃO PARA FAVORECIMENTO REAL. EMENDATIO LIBELLI. CISÃO. APLICAÇÃO DO § 2º DO ARTIGO 383 DO CPP.
Como se verificou da denúncia e da prova dos autos, a ré não auxiliou seu companheiro, autor de delito, a subtrair-se à ação da autoridade pública, mas sim prestou auxílio destinado a tornar seguro o proveito do crime, na medida em que depositava ou autorizava que depositassem, em sua conta, os valores obtidos ilicitamente pelos roubos cometidos pelo seu companheiro e a quadrilha. A conduta da ré Janaína está perfeitamente descrita na denúncia e comprovada nos autos, restando apenas afastado o animus associativo necessário ao delito de formação de quadrilha do artigo 288 do CP. Destarte, deve ser operada a desclassificação para o crime do artigo 349 do CP, emendatio libelli, efetuada a cisão do feito, e a remessa de cópias da denúncia, do interrogatório, das movimentações financeiras das fls. 2586/2599, 2600/2613, 2615/2616, bem como da sentença desclassificatória, ao Juizado Especial Criminal, para que receba os benefícios da Lei 9.099/95, pela aplicação do § 2º do artigo 383 do CPP.
pena-base. redução. dosimetria. REDIMENSIONAMENTO. critério de duas majorantes. redução da fração para 3/8 quanto Aos delitos de roubo.
Penas-bases reavaliadas em sua maioria com reduções no quantum fixado. Redução do acréscimo, pela presença de duas majorantes, para 3/8, no que pertine aos delitos de roubo, conforme critério objetivo usado na Câmara, ao invés do aumento de metade, como utilizado na sentença. Pena de ÉDSON reduzida para 12 anos, 06 meses e 29 dias de reclusão e a pena de multa para 35 dias-multa, pena de LUCIANO reduzida para 11 anos e 06 meses de reclusão e a pena de multa para 15 dias-multa, pena de ROGÉRIO reduzida para 11 anos e 22 dias de reclusão e a pena de multa para 15 dias-multa, verificação de omissão na pena de TIAGO que não foi aplicado o concurso material entre os delitos de formação de quadrilha e roubo, o que não foi corrigido nesta instância por ausência de recurso da acusação, sob pena de violação ao princípio do non reformatio in pejus, e pena reduzida para 09 anos, 07 meses e 15 dias de reclusão e a pena de multa para 15 dias-multa, pena de RICARDO reduzida para 03 anos e 06 meses de reclusão, pena de ALEX reduzida para 15 anos, 10 meses e 29 dias de reclusão, pena de CARLOS EDUARDO reduzida para 08 anos, 08 meses e 07 dias de reclusão, verificação de erro no dispositivo da sentença quanto à pena de EDERSON, que se omitiu não aplicou o concurso material entre os delitos de roubo e o de formação de quadrilha, o que não se efetuou nessa instância, sob pena de ofensa ao axioma non reformatio in pejus, e redução de sua pena para 10 anos, 06 meses e 14 dias de reclusão, pena de GIOVANNI JOSÉ reduzida para 16 anos, 04 meses e 24 dias de reclusão, pena de GLÁUCIO FERNANDO reduzida para 10 anos, 06 meses e 22 dias de reclusão, verificação de erro no dispositivo da sentença quanto à pena de IGOR, que se omitiu não aplicou o concurso material entre os delitos de roubo e o de formação de quadrilha, o que não se efetuou nessa instância, sob pena de ofensa ao axioma non reformatio in pejus, reduzindo sua pena para 13 anos, 08 meses e 29 dias de reclusão, pena de JONAS reduzida para 15 anos e 15 dias de reclusão, pena de MÁRCIO FABRÍCIO reduzida para 13 anos, 06 meses e 29 dias de reclusão, pena de MÁRCIO CEREJO reduzida para 11 anos e 22 dias de reclusão, pena de PEDRO PAULO reduzida para 03 anos de reclusão, fixando o regime inicial aberto em caso de conversão da pena restritiva de direitos em privativa de liberdade, diante da omissão na parte dispositiva da sentença, pena de RICARDO ZANATTA reduzida para 03 anos e 06 meses de reclusão. Mantida a pena fixada, no mínimo legal, para KARINE, mas substituída por uma prestação de serviços à comunidade e uma pena de multa. Fixado o regime inicial semiaberto para DANIEL DOLORES DOS SANTOS.
PRELIMINARES REJEITADAS. APELO DE PABLO RODRIGUES BURGERT IMPROVIDO, DEMAIS APELOS DEFENSIVOS PARCIALMENTE PROVIDOS.
Apelação Crime               Oitava Câmara Criminal
Nº 70040391914               Comarca de Porto Alegre
EDSON LUIZ SANTOS RODRIGUES           APELANTE
RICARDO ZANATTA        APELANTE
TIAGO SANTIAGO DE LIMA        APELANTE
MARCIO FABRICIO OLIN              APELANTE
GLAUCIO FERNANDO OLIN        APELANTE
ROGERIO LAURENTINO                APELANTE
LUCIANO ANTUNES DA SILVA   APELANTE
IGOR DE ALMEIDA SOUZA          APELANTE
EDERSON DA SILVA GONCALVES             APELANTE
CARLOS EDUARDO BECKER         APELANTE
MARCIO SOARES CEREJO            APELANTE
PABLO RODRIGUES BURGERT   APELANTE
JANAINA BIBIANA PEREIRA DOS SANTOS            APELANTE
KARINE DE ARAUJO CORREA     APELANTE
GIOVANNI JOSE AMORA PIRES                APELANTE
DANIEL DOLORES DOS SANTOS                APELANTE
JONAS SPAGNOLI DA SILVA       APELANTE
PEDRO PAULO DA SILVA              APELANTE
ALEX SCHMISKI GARZLAFF          APELANTE
MINISTÉRIO PÚBLICO   APELADO
MARIA LECI DA SILVA PACHECO              INTERESSADO
https://tj-rs.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/20992525/apelacao-crime-acr-70040391914-rs-tjrs/inteiro-teor-20992526?ref=juris-tabs  "


Assaltos
Fotos Operação Caravaggio

Depois, virando essa página que serve apenas para que caia por terra a idéia de que a filha de Satã vem de um berço de família tradicional, para que vejam que já faz parte da intimidade da família as páginas policiais e as delegacias.
A moça era tão recatada, mas tão recatada que tirava fotos semi nuas e jogava na internet para seduzir seus possíveis alvos:


Essa é a "Goza na minha boca", nada contra, mas assuma seu papel, não aceito ser travestida de menininha ingênua e trouxa, que disso não tem absolutamente nada, trouxa foi e é quem lhe atribui algum afeto e se dizem fãs desse monstro que se mostrou a imagem da mentira, da falsidade, do egoísmo, da frieza e da maldade.
Acho que tinha mais alguma coisa para falar a vocês sobre ela, mas agora me fugiu da memória, se lembrar depois posto, torcendo para o maldito BBB 17 me deixar mesmo, de vêz.
Nisso vou dar uma boa dica a vocês, tenho Net em casa, portanto o NOW também, nele encontramos, assim como no NET FLIX séries maravilhosas, vou indicar as que eu já vi e são todas maravilhosas, nelas tenho me apoiado e desligado dessa saga do BBB vejam:

GRANDE HOTEL
GAME OF THRONES
OUTLANDER
ISABEL
REIGHT
HOMELAND
PRISION BRAKE
PABLO ESCOBAR
VITÓRIA, A VIDA DE UMA RAINHA

Todas fantásticas, eu garanto.


sábado, 6 de maio de 2017

VOLTEI PARA POR UM PONTO FINAL NO BBB 17 E DIZER ATÉ BREVE...


Relutei muito em voltar a falar dessa edição do BBB, para mim a mais chocante no que se refere a entretenimento, o que disso foi muito pouco, o que vimos foi uma cadeia interminável de injustiças e máscaras que demoraram a cair, não para mim, mas para muitas pessoas, que infelizmente cairam e ainda caem no conto infantil da Alice no país das maravilhas.
Como já falei, anteriormente, sou daquelas que mergulha de cabeça na saga, muitas vezes me arrebento porque ainda acredito que a verdade dos fatos prevaleça, qual nada, já vi outras edições injustas, com finais já marcados, mas essa teve algo além, tivemos a presença da filha de satã. Ela veio devagar, sorrateira, mansinha, depois foi crescendo, se agigantando naquele universo de fantasias  de faz de conta, mas o olhar era revelador, tinha a mensagem do calor do mármore do inferno.
Terminei essa edição nocauteada, cheguei a me fragilizar físicamente porque mergulhei nesse calor infernal da vampira encomendada por Lúcifer e como acontece com todos, que dela se aproximam, tive sequelas físicas, porque ela pegou o meu emocional e minha energia que confrontou com sua mensagem, a qual nunca me deixei enganar. Tem cara de anjo, de menininha desamparada, sofrida, injustiçada, mas nada disso, é um gigante em poder do mal, usa essa capa e com ela manipula pessoas bem maiores do que eu, digo em experiencia de vida ou até intelectualmente, assim funciona a cartilha de Satã. Ela é vampira, acaricia, se aconchega, chora, fala mansinho, se queixa da vida, da sorte e vai sugando sua energia, roubando sua alegria, suas esperanças e então vem o golpe final, aquele que é mortal, ela se mostra, nua, crua, inteira a própria filha de Satã, o diabo em pessoa, em frieza, em maldade, essa foi a campeã do BBB 17.
Só volto a falar disso por insistência de uma grande amiga que me pede incessantemente que a descreva tal qual nos falamos na intimidade, não sei se consigo, mas aqui está o que penso dessa edição e dessa maligna pessoa que se apresentou como a pobre órfã.


No começo, cheguei a brigar comigo mesma, pois não entendia o motivo de tanta repulsa por essa pessoa, mas aos poucos fui lendo sua cartilha, entendia seus truques, os mais banais, os mais escondidos e os mais ardilosos, consegui ser capaz de profetizar seus próximos passos e me assustava com isso, pois não consigo escrever com misuras e censura, despejo o que sinto e da mesma forma que posso ser maternal e afetiva sou também cruel e acertiva. Nunca consegui ter um tiquinho de afeto por ela, achava tudo falso, tudo premeditado, tudo tinha um propósito e sempre ela me mostrava que estava certa e a minha briga era louca porque era a queridinha das redes sociais e eu via o demônio vestindo a capa de anjo. Confesso que sofri e me desgastei porque ela atingiu pessoas queridas e o maior golpe que ela me deu foi quando caluniou e derrubou Ilmar, ali, ela definitivamente se mostrou.
Sua família já é acostumada a páginas policiais tem histórico com a bandidagem e é só entrar no Google, passo o link para quem tiver dúvidas, pois sua irmã mais velha, a Karine fez parte de um bando armado de assaltantes e foi processada, mas ali não era a realidade das outras pessoas, então ela usou a mais vil de todas as máscaras, usou a morte e a agonia de sua mãe como seu trunfo para manipular seus colegas e o país inteiro... O link em que podem encontrar em 12º pela ordem dos nomes da quadrilha armada, sua irmã, Karine  é esse:

"APELAÇÃO CRIME. OPERAÇÃO CARAVAGGIO. FORMAÇÃO DE QUADRILHA OU BANDO ARMADO. crimeS DE FURTO E ROUBO majorado pelo EMPREGO DE ARMA E CONCURSO DE AGENTES.

https://tj-rs.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/20992525/apelacao-crime-acr-70040391914-rs-tjrs/inteiro-teor-20992526?ref=juris-tabs"


Ela não responde pela irmã, isso é certo, mas o que quero decifrar é o espírito da coisa, páginas policiais é corriqueiro, elas tem intimidade e nisso arrastaram a bengala, aquele que a ajudou a chegar a final, o médico Marcos, foi sua maior vítima, saiu escurraçado, devastado, arrastado, aos gritos, como um animal do programa, ganhou manchete nos jornais, foi destaque no JN, no jornal das 10, em todas as emissoras e mídia em geral, resumindo, foi um escândalo. Mas ali estava a santa, a pobre menina sofrida, que planejou milimétricamente cada detalhe desse golpe final, fazendo cena para o Brasil, chorando sem lágrimas, fingindo que estava assustada e sofrendo, meu Deus! Eu querendo gritar sem ser ouvida e vendo o capeta vestindo a capa de serafin... Rindo de todos nós por dentro, tinha conseguido eliminar seu maior adversário, mas também seu único e verdadeiro amigo ali. Game over, ganhou e o pobre médico, saiu dali para as páginas policiais, tendo que responder juridicamente a forjada agressão que nada mais era que os joguinhos eróticos da pobre e sofrida órfã. Claro que ele foi truculento, claro que perdeu a mão, claro que foi feio vê-lo encurralando-a contra a parede, me doeu também, mas só essa cena não descreve o contexto. E as agressões dela? Os arranhões? Os chutes? O tapa? Palmas para a lei Maria da Penha que mostrou estar atenta as agressões as mulheres, sou mulher, gostei disso, clamei por isso, mas e a lei que o protege? Não seria também justo nesse contexto incluir a legítima defesa? Que ele responda por sua truculência, mas que ela responda igualmente, pois não foi unilateral, foi uma explosão de terrorismo psicológico que ele veio sofrendo pelo poder do vampirismo dessa moça. Que ele pague, mas quero ela pagando também. Sugiro que criem a lei João da Penha, seria justo, pois existem casos e causos...
O que quero dizer mais amplamente é que tenho pavor dessa moça, porque entendo o poder dela, o poder de devastação, de destruição... Acho que se encontrá-la na rua saio correndo, capaz até de me jogar na frente de um carro, apenas para não me deparar com ela, tamanho entendimento de seu poder de vampiro, das trevas... Sério, isso é fato.
Ela corróe a todos que se aproximam dela, esse é o objetivo do vampiro, ele não suga seu sangue, ele suga seu carisma, sua alegria, seu brilho, sua energia e reduz a zero, a nada. Ele é poderoso, manipula com maestria ao maior de todos os mestres, confunde, destrói e mata.
Marcos nesse exato momento deve entender que um processo judicial é fichinha a essa altura do campeonato, se formos ver pela ótica espiritual, que é a que me atenho agora, ele foi agraciado com o maior de todos os livramentos celestiais. Deus concedeu a ele esse livramento, não foi pelo amor, foi pela dor, pela humilhação e o descrédito, tal qual a cartilha da filha de Satã que desafiou as leis do cosmo e as milícias celestiais, empunhou a espada de seu pai, o Lúcifer e confrontou toda a milícia celestial, todos os querubins e serafins e nessa batalha, inicialmente ela ganhou. Mas a conta vai chegar porque nada é por acaso, nada fica em vão quando a briga envolve o cosmo e é entre o céu e o inferno. A batalha é só uma das etapas de uma guerra e digo que essa guerra é feia. Cada centavo desse prêmio usurpado será cobrado e os juros da máquina da justiça é fiel a verdade. No final, não queria ser ela nem por um segundo, essa conta é avassaladora, o refluxo dessa saga é muito contundente e fatal.
e
Ele paga por seus enganos, por sua libido descompensada, por sua suposta soberba em achar que poderia fazer par e conduzir a mais poderosa e a menina dos olhos da filha de Satã, mas o jogo entre eles ainda está rolando e apenas quando o apito da verdade expor o final saberemos quem foi o verdadeiro vencedor. 
Na minha opinião, Ilmar, Vivian foram os vencedores, os únicos verdadeiros e dignos de ali vencer alguma coisa, perderam a nossos olhos, mas ficaram naquele lugarzinho separado do coração de todos e identificados como as pessoas do bem, talvêz umas das melhores que por ali passaram entre todas as edições.
Poderia me estender pontuando cada fato que nos mostram o tamanho do poder dessa moça, um poder do mal, mas mesmo assim um poder enorme, não tenho mais saco de pontuar nada, estou cansada de BBB por hora, quero me concentrar em problemas mais sérios como o meu país que está sangrando nesse momento, então que se salve quem puder, os meus, aqueles a quem apostei minhas fichas estão sãos e salvos, que Marcos consiga se livrar do embuste que ele escolheu e que responda por seus erros, lembrando que não errou sózinho e que no final, foi vítima da filha predileta de Lúcifer.


AGRADECIMENTOS:

Contribuição e composição visual do blog anabiavaz@gmail.com