sexta-feira, 30 de novembro de 2012

21/12/2012 - OS MAIAS - FIM DO MUNDO - APOCALIPSE... PREVISÍVEL DEMAIS NÃO?


Eu sou cristã, creio firmemente nas escrituras sagradas e baseada nas promessas de Deus, não posso aceitar o calendário Maia, porque Jesus quando explica como poderemos reconhecer o princípio das dores, ou seja, a proximidade do Apocalipse, descreve muitas coisas que já estamos vivendo e assistindo, portanto acredito que deve estar próximo, porém quando um apóstolo lhe pergunta quando isso acontecerá, Ele explica que ninguém sabe ou saberá, que esse dia pertence sómente a Deus... Então, se sou cristã, se creio nas escrituras, não vou entrar em pânico, transferindo minha fé ao calendário Maia, mesmo dando a ele muito respeito e admiração, mas para mim vale a promessa de Deus!
Entretando está ocorrendo pelo mundo casos de verdadeiro pavor entre as pessoas, pavor de viver o Apocalipse, como se nós pudéssemos mudar o que tem para vir... Li e achei muito interessante a postura da NASA e divido com vocês, esperando, sinceramente que acalme quem está tão apreensivo com 21/12/2012. Vejam:


Nasa desmente 'fim do mundo' e alerta sobre suicídios
DA BBC BRASIL

Após receber uma enxurrada de cartas de pessoas seriamente preocupadas com teorias que preveem o fim do mundo no dia 21 de dezembro de 2012, a agência espacial americana (Nasa) resolveu "desmentir" esses rumores na internet.
Nesta quarta-feira (28), a Nasa fez uma conferência online com a participação de diversos cientistas. Além disso, também criou uma seção em seu website para desmentir que haja indícios de que um fim do mundo esteja próximo.
Segundo o astrobiologista David Morrison, do Centro de Pesquisa Ames, da Nasa, muitas das cartas expondo preocupações com as teorias apocalípticas são enviadas por jovens e crianças.
Alguns dizem até pensar em suicídio, de acordo com o cientista, que também mencionou um caso, reportado por um professor, de um casal que teria manifestado intenção de matar os filhos para que eles não presenciassem o apocalipse.
"Estamos fazendo isso porque muitas pessoas escrevem para a Nasa pedindo uma resposta (sobre as teorias do fim do mundo). Em particular, estou preocupado com crianças que me escrevem dizendo que estão com medo, que não conseguem dormir, não conseguem comer. Algumas dizem que estão até pensando em suicídio", afirmou Morrison.
"Há um caso de um professor que disse que pais de seus alunos estariam planejando matar seus filhos para escapar desse apocalipse. O que é uma piada para muitos e um mistério para outros está preocupando de verdade algumas pessoas e por isso é importante que a Nasa responda a essas perguntas enviadas para nós."
CALENDÁRIO MAIA
Um desses rumores difundidos pela internet justifica a crença de que o mundo acabará no dia 21 dizendo que essa seria a última data do calendário da civilização maia.
Outro rumor tem origens em textos do escritor Zecharia Sitchi dos anos 70. Segundo tais teorias, documentos da civilização Suméria, que povoou a Mesopotâmia, preveriam que um planeta se chocaria com a Terra. Alguns chamam esse planeta de Nibiru. Outros de Planeta
"A data para esse suposto choque estava inicialmente prevista para maio de 2003, mas como nada aconteceu, o dia foi mudado para dezembro de 2012, para coincidir com o fim de um ciclo no antigo calendário maia", diz o site da Nasa.
Sobre o fim do calendário maia, a Nasa esclarece que, da mesma forma que o tempo não para quando os "calendários de cozinha" chegam ao fim, no dia 31 de dezembro, não há motivo para pensar que com o calendário maia seria diferente - 21 de dezembro de 2012 também seria apenas o fim de um ciclo.
A agência espacial americana enfatiza que não há evidências de que os planetas do sistema solar "estejam se alinhando", como dizem algumas teorias, e diz que, mesmo que se isso ocorresse, os efeitos sobre a Terra seriam irrelevantes. Também esclarece que não há indícios de que uma tempestade solar possa ocorrer no final de 2012 e muito menos de que haja um planeta em rota de colisão com a Terra.
"Não há base para essas afirmações", diz. "Se Nibiru ou o Planeta X fossem reais e estivessem se deslocando em direção à Terra para colidir com o planeta em 2012, astrônomos já estariam conseguindo observá-lo há pelo menos uma década e agora ele já estaria visível a olho nu", diz o site da Nasa.

 

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

ADEUS TERESA!
 
FAMILIA DE TERESA ALONSO, PILAR E FERNANDO ALONSO,
NOEMISTAS ESPANHOLAS, NOEMISTAS BRASILEIRAS, AMIGOS, CARPETEIRAS, COMPANHEIRAS DE LUTA, ACEITEM A FORÇA, O APOIO E A SAUDADE DO REALLYTANDO...
 
 
 
 
Consternados, tristes, saudosos, são sentimentos que se misturam e se juntam, após a notícia do falecimento dessa jovem guerreira, que heróicamente, lutou até o último segundo por sua vida... A impotência diante de uma tragédia que abala a todos, só nos resta, nesse momento de dor, clamar ao Deus Pai, que a receba com os braços abertos e que nessa desconhecida passagem, ela, encontre o descanso e paz eterna, junto de todos os anjos do céu... Com certeza Teresa está na luz, sendo recebida por uma grande milícia celestial e no céu veremos sempre sua estrela brilhar...
 
Esse não é o momento de se falar em justiça, é o momento da despedida de Teresa, da dor de seus familiares e amigos, o momento do adeus, mas há de chegar o momento da justiça e desde já, com humildade e respeito, me coloco, juntamente com a estrutura e alcance de meu blog, à disposição de todas as noemistas e carpeteiras e de sua família, para participar de toda e qualquer luta... Para participar ativamente à cobrança dos responsáveis por essa tragédia imperdoável, para que respondam pelas vidas dessas 5 jovens, que foram vítimas de suas inescrupulosas ambições... Para que não ocorra impunidade à esse massacre que nos abala em todos os níveis...
Não tem como abafar, como sonegar, foi cruel demais, hoje essas são as manchetes:
 
Morreu quinta vítima de festa de "Halloween" em Madrid...
"Uma jovem de 20 anos que ficou gravemente ferida numa festa de "Halloween" no pavilhão Madrid Arena, a 1 de novembro, faleceu, esta quinta-feira, elevando para cinco o número de vítimas mortais
 Maria Teresa Alonso Vinateo, de 20 anos, foi internada em estado crítico devido a ferimentos causados por ter sido espezinhada, durante uma avalancha de gente que tentou sair ao mesmo tempo do pavilhão Madrid Arena, na madrugada de 1 de novembro, quando decorria uma festa de "Halloween".
A jovem tinha "lesões cerebrais severas" e o peito esmagado. Estava há quase um mês com assistência respiratória. Morreu, esta quinta-feira, às 13.30 horas (12.30 horas em Portugal continental), na Fundação Jiménez Díaz, segundo fontes hospitalares
Sobe assim para cinco o número de vítimas mortais da tragédia no Madrid Arena - Rocío Oña Pineda, Katia Esteban Casielles e Cristina Arce de la Fuente, todas de 18 anos, morreram no local. Dois dias depois, faleceu Belén Langdon, de 17 anos."
"María Teresa Alonso Vinateo, de 20 anos, morreu hoje na Fundação Jiménez Díaz às 12:30 (hora de Lisboa) na sequência dos ferimentos que sofreu na festa de Halloween realizada no Madrid Arena na noite de 31 de outubro. Com esta morte sobem para cinco o número de vítimas mortais neste incidente."

Eu tenho vídeos e fotos do momento da tragédia, mas não vou postar, são chocantes demais, para que alimentar o sofrimento e nossa impotência diante dos fatos? Vamos respeitar e poupar seus familiares, vamos lembrar das 5 jovens, apenas com saudade...

Descansem em paz, o céu ganhou cinco anjos para aumentar sua milícia e cinco estrelas que vão brilhar eternamente no céu... Que seus pais possam encontrar conforto e muita força...E nós, lembraremos delas, com respeito e amor... É o que deseja o Reallytando na pessoa de Beth, juntamente com as noemistas brasileiras...

 
video
TRADUCCIÓN:
 
ADIOS TERESA!
 
FAMÍLIA DE TERESA ALONSO, PILAR Y FERNANDO ALONSO, NOEMISTAS ESPAÑOLAS,NOEMISTAS BRASILEÑAS, AMIGOS, CARPETEIRAS, COMPAÑERAS DE LUCHA, ACEPTEN LA FUERZA, EL APOYO Y LA SAUDADE DEL REALLYTANDO...
 
Consternados, tristes, saudosos, son sentimientos que se mezclan y se juntan, después de la notícia del falecimento de esa joven guerrera, que heróicamente, luchó hasta el último segundo por su vida...La impotência delante de una tragédia que sacude a todos, sólo nos resta, en ese momento de dolor clamar al Dios Padre, que a reciba con los brazos abiertos y que en esa desconocida pasaje, ella, encuentre lo descanso y paz eterna, junto de todos los ángeles del cielo...Con certeza Teresa está na luz, siendo recibida por una gran milícia celestial y en cielo veremos siempre su estrella brillar.
 
Ese no es el momento de hablarse en justicia, es el momento de la despedida de Teresa, del dolor de sus familiares y amigos, el momento del adiós, pero hay de llegar el momento de la justicia y desde ya, con humildade y respeto, me coloco, juntamente con la estructura y alcance de mi blog, a la disposición de todas las noemistas y carpeteiras y de su familia, para participar de toda y cualquier lucha...Para participar activamente al cobro de los responsables por esa tragedia imperdoável, para que respondan por las vidas de esas 5 jóvenes, que fueron victimas de sus inescrupulosas ambiciones...Para que no ocurra impunidad a la esa masacre que nos sacude en todos los níveles... No tiene como abafar, como sonegar, fue cruel demás, hoy esas son las titulares:
 
"MURIÓ QUINTA VÍCTIMA DE FIESTA DE HALLOWEEN EN MADRID:
 
Una joven de 20 años que quedó gravemente herida en una fiesta de Halloween en el pabellón Madrid Arena, a 1 de noviembre, falleció, este jueves, elevando para cinco el número de victimas mortales.
Maria Teresa Alonso Vinateo, de 20 años, fue ingresada en estado crítico debido a heridas causadas por haber sido espezinhada, durante una avalancha de gente que intentó salir a la vez del pabellón Madrid Arena, en la madrugada de 1 de noviembre, cuando transcurria una fiesta de Halloween.
La joven tenia lesiones cerebrales severas y el pecho chafado. Estaba hace casi un mes con asistencia respiratoria. Murió, este jueves, a la 13.30 horas (12.30 horas de Portugal continental), en la Fundación Jiménez Diaz, según fuentes hospitalares.
Sube así para cinco el número de víctimas mortales de la tragedia en Madrid Arena.
Rocio Oña Pineda, Katia Esteban Casielles y Cristina Arce de la Fuente, todas de 18 años, muriron en el local. Dos dias después, falleció Belén Langdon, de 17 años."
 
Yo, Beth del Reallytando, tengo vídeos y fotos del momento de la tragédia, pero no voy postar, son chocantes demás, para que alimentar el sufrimiento y nuestra impotência delante de los hechos? Vamos a respetar y ahorrar sus familiares, vamos a acordar de las 5 jóvenes, sólo con saudade...
Descansen en paz, el cielo ganó cinco ángeles para aumentar su milícia y cinco estrellas que van a brillar eternamente en el cielo... Que sus padres puedan encontrar conforto y mucha fuerza... Y nosotros, acordaremos de ellas, con respeto y amor... Es lo que deses el Reallytando en la persona de Beth, juntamente con las noemistas brasileñas...
 
 

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

A MONTANHA E O RIO 43º CAPÍTULO:

SUMI
 
 O mar estava terrivelmente agitado, como se estivesse bêbado. Suas ondas iam e vinham e bradavam num discurso incoerente. Gaivotas voavam seguindo o fluxo do vento tempestuoso. Algumas eram desviadas de seu rumo e caiam nas ondas de bordas brancas que se elevavam, emitindo perturbadores grasnidos de aviso.
Meu coração cantava a triste canção do mar. Tudo ao meu redor combinava com a melancolia do meu estado de espírito. Desde que deixei Shento, fiquei vagando sem rumo pela beira do mar, rodeada por uma escuridão apenas interrompida por postes solitários, cujas as luzes fracas davam ainda mais profundidade à noite. Meu coração ansiava pelo mar, como se ele me chamasse: Venha a mim, minha criança. Como desejava poder mergulhar dentro de seu ventre! Assim, todas as minhas dores se amenizariam.
Apaixonada por dois irmãos! Eu amaldiçoava o meu próprio destino, as três facas cravadas nele. Quem eu deveria escolher? Shento, com sua crueza da gente das montanhas e sua sede desesperada? Ou Tan, com o coração amoroso que tranquilizava minha mente, sem deixar espaço para a mágoa e a solidão, fazendo com que eu não precisasse de mais nada? Um morreria por mim. O outro não viveria sem mim.
Em algum lugar, nas profundezas da minha alma, uma pequena folha  de remorso já havia crescido. Como pude fazer a promessa de voltar para Shento? Sim, eu sentia amor por ele. Sim, ele estava vivo e era bonito. Sim, ele se tornara um homem com poder e com um futuro que só poderia ser medido ao alcance de sua ambição. Mas como poderia abandonar Tan, o amor da minha vida atual, meu apoio? Desejava que o tempo parasse e que eu deixasse de existir. Estava cansada, meus pés estavam frios e minhas costas doiam. Meus olhos se embaçaram fitando o mar monótono que rugia.
Encostei-me num telefone público enferrujado e disquei o número que sabia de cor.
 
____________________
 
SE VOCÊ PERDEU ALGUM CAPÍTULO E DESEJA ACOMPANHAR, ENTRE NO MENÚ "CONTOS DE FADAS" LÁ ESTÃO TODOS OS CAPÍTULOS ANTERIORES. 

domingo, 25 de novembro de 2012

HOJE O REALLYTANDO QUER FALAR DE 5 TEMAS QUE PERMEIAM NOSSAS VIDAS E AS VEZES CAUSAM DANOS IRREVERSSÍVEIS, PARA QUE POSSAMOS ESTAR ESCLARECIDOS E ATENTOS! SÃO TEMAS PESADOS MAS PRECISAMOS IDENTIFICÁ-LOS...

1- FALSIDADE
2- INVEJA
3- CALÚNIA
4- DIFAMAÇÃO E INJÚRIA
5- FOFOCA
 
 
 
FALSIDADE:
 
Falsidade é a característica do que não é verdadeiro.
De fato, o ser humano muitas vezes se sente, na nossa sociedade, quase obrigada a ser falso. A mentira, o engodo, o engano, a falsa aparência, a esnobação e a desfaçatez são gêneros de primeira necessidade nos relacionamentos entre as pessoas. O orgulho e a busca de reconhecimento trazem consigo a necessidade quase inadiável de aparentar algo que não se é.

A falsidade em sua concepção traz à pessoa certos proveitos, como, por exemplo, omitir sua condição, mostrar-se de maneira diferente para levar vantagens, obter lucros, ascensão social, desmoralizar outras pessoas, entre outros.

Essa parece ser a ética do mundo. Rui Barbosa, o grande jurista brasileiro, afirmou certa vez, dentre outras coisas, que de tanto ver triunfar a mentira e a falsidade, tinha até vergonha de ser honesto.

É fácil tornar um relato mais interessante acrescentando a ele alguns detalhes, como também é fácil fraudar uma história quando lhe dispensamos uma omissão ou ação. É simples deduzir que não existe o que se pode chamar de “falsidade particular”, ou seja, uma informação fora do verdadeiro não prejudica somente a pessoa que a pratica
Bento XVI: A falsidade é a marca do diabo
 
 
  VATICANO, 26 Ago. 12 / 09:35pm (ACI/EWTN Noticias).- Em suas palavras prévias à oração do Ângelus, junto aos fiéis reunidos em sua residência de Castel Gandolfo, o Papa Bento XVI recordou a traição de Judas, que permaneceu não por amor, mas por vingança, e cuja culpa mais grave "foi a falsidade, que é a marca do diabo".
 
"As palavras estão cheias de falsidade ou de arte; o olhar é a linguagem do coração."
 
    
                                                               INVEJA:
 
Inveja ou invídia é um sentimento de tristeza perante o que o outro tem e a própria pessoa não tem. Este sentimento gera o desejo de ter exatamente o que a outra pessoa tem (pode ser tanto coisas materias como qualidades inerentes ao ser).
A inveja é originária desde tempos antigos, escritos em textos, que foi acentuado no capitalismo e no darwinismo  social, na auto-preservação e auto-afirmação.
A inveja pode ser definida como uma vontade frustrada de possuir os atributos ou qualidades de um outro ser, pois aquele que deseja tais virtudes é incapaz de alcançá-la, seja pela incompetência e limitação física, seja pela intelectual
Inveja é a última palavra de Os Lusíadas de Camões.

. A inveja é um dos pecados capitais do cristianismo.
 
Napoleão Bonaparte costumava afirmar que "a inveja é um atestado de inferioridade."
Os ataques da inveja são os únicos em que o agressor, se pudesse, preferia fazer o papel da vítima
O ciúme jamais está isento de uma ponta de inveja. Freqüentemente essas duas paixões estão confundidas".
Está no caráter de muito poucos homens admirar sem inveja um amigo que prosperou".
Difícil pensar em pior caráter que o do bajulador, exceto quem o inveja."
O homem modesto tem tudo a ganhar e o orgulhoso tudo a perder: é que a modéstia tem sempre a ver com a generosidade e o orgulho com a inveja".
  Inveja é o desejo por atributos, posses, status, habilidades de outra pessoa. Não é necessariamente associada à um objeto: sua característica mais típica é a comparação desfavorável do status de uma pessoa em relação à outra.
  Inveja é um dos sentimentos que pode causar as maiores dores no ser humano. Geralmente, quando existe uma estima de algum objeto de desejo, e ainda se este der status, a inveja se instala. (Diz-se objeto de desejo para coisas não palpáveis também). É fruto também da comparação com as outras pessoas. Ela não existe sem que antes o indivíduo não tenha feito comparações. É a auto-aversão por não ser como os outros são. É preciso contudo, diferenciar a inveja, da busca do bem-estar. Pode se dizer que é errado trabalhar, lutar para se conquistar o objeto de desejo? O desejo pela conquista do objeto que nos falta, quando feito com humildade e honestidade, não é inveja.
Se uma pessoa destaca-se em alguma atividade, por mais tola que possa parecer, o invejoso está pronto para aparecer e apontar o dedo e tentar minimizar o feito de seu próximo. Um eletrodoméstico novo, um tênis da moda, ou mesmo um brinco bem colocado em combinação com uma roupa extremamente comum, já se torna motivo para elogios, nem sempre sinceros. Surge um sentimento de raiva, de ira, porque geralmente o invejoso sente-se muito mais merecedor da conquista do que o outro. O invejoso não agüenta ter uma outra pessoa invadindo seu território, que em sua lassidão, deixou de ocupar, por pura incapacidade e ou inércia. O invejoso é capaz de boicotar, de fofocar de fazer armadilhas, a fim de destruir o outro. Quer provar, ao menos para si mesmo, que ele é melhor. Mas no seu íntimo, sente-se menor do que os outros, aumenta, se vangloria, enaltece a si mesmo, pois dessa forma abranda o mal-estar do desequilíbrio. Fala excessivamente bem das próprias coisas, procurando diminuir o outro através de crítica. Não percebe muitas vezes suas frustrações, é como se nem existissem, porque logo está de prontidão, pronto para realizar mais um feito de diminuição, descaracterização, burlando suas próprias angústias.
 CALÚNIA, DIFAMAÇÃO, INJÚRIA E FOFOCA, SABENDO DIFERENCIAR:
 Calúnia é uma afirmação falsa e desonrosa a respeito de alguém.
A calúnia consiste em atribuir, falsamente à alguem a responsabilidade pela prática de um fato determinado definido como crime. Na jurisprudencia temos: a calúnia pede dolo específico.
O conceito de honra , abrange tanto aspectos objetivos , como subjetivos , de maneira que , aqueles representariam o que terceiros pensam a respeito do sujeito – sua reputação - , enquanto estes representariam o juízo que o sujeito faz de si mesmo – seu amor-próprio - . Na definição de Victor Eduardo Gonçalves a honra “é o conjunto de atributos morais , físicos e intelectuais de uma pessoa , que a tornam merecedora de apreço no convívio social e que promovem a sua auto-estima
 A difamação , por sua vez , consiste em atribuir à alguém fato determinado ofensivo à sua reputação . Assim , se “A” diz que “B” foi trabalhar embriagado semana passada , constitui crime de difamação . A injúria , de outro lado , consiste em atribuir à alguém qualidade negativa , que ofenda sua dignidade ou decoro . Assim , se “A” chama “B” de ladrão , imbecil etc. , constitui crime de injúria .
A calúnia se aproxima da difamação por atingirem a honra objetiva de alguém , por meio da imputação de um fato , por se consumarem quando terceiros tomarem conhecimento de tal imputação e por permitirem a retratação total , até a sentença de 1a Instância
 A difamação se destingue da injúria , pois a primeira é a imputação à alguém de fato determinado , ofensivo à sua reputação – honra objetiva - , e se consuma , quando um terceiro toma conhecimento do fato , diferentemente da segunda em que não se imputa fato , mas qualidade negativa , que ofende a dignidade ou o decoro de alguém – honra subjetiva - , além de se consumar com o simples conhecimento da vítima.
 
Calúnia no Direito Penal brasileiro:
 
A calúnia é tipificada no artigo 138 do Código Penal Brasileiro . Juntamente com a difamação e a injúria constitui o capítulo de “Crimes contra a Honra”.
Pelo texto do artigo, será punido também aquele que propagar calúnia que sabia ser informação falsa.
Por ser um crime formal não exige a ocorrência de resultado e consuma-se no momento em que um terceiro toma conhecimento da mentira caluniosa, mesmo que não provoque o dano esperado.
 
Admite tentativa, no caso do meio de propagação da calúnia ter sido interceptado antes de chegar às mãos do terceiro.

Ocorrerá a extinção da punibilidade sempre que o agente fizer uma retratação completa, satisfatória e incondicional, reconhecendo publicamente seu erro.
É ato unilateral, pessoal e que independe da anuência do ofendido, devendo ser realizada até a publicação da sentença de primeiro grau.
Calúnia é um termo que vem do latim, calumnia, engodo, embuste. A calúnia não se confunde nem com a difamação nem com a injúria, outros dois crimes contra a honra. A difamação (do latim diffamare) significa desacreditar, sendo um crime que consiste em atribuir a alguém fato ofensivo à sua reputação de pessoa fiel à moralidade e aos bons costumes. Não se confunde com a calúnia, pois esta consiste numa imputação injusta de fato tipificado como crime. Na difamação o que se busca é desacreditar a vítima, embora sem apontá-la como autora de fato criminoso.
 Quanto à injúria do latim injuria, de in jus, injustiça, falsidade, trata-se de um crime contra a honra consistente em ofender, verbalmente, por escrito, ou fisicamente (injúria real), a dignidade ou o decoro de alguém. A injúria ofende o moral, abate o ânimo da vítima, ao passo que a calúnia e a difamação ferem a moral da vítima.
FOFOCA é o mexerico, intriga, a bisbilhotice É um mal que para muitos é divertimento sem importância, mas que é extremamente destrutivo: A vontade de passar informações faz parte do homem, é a comunicação, é uma ação humana natural e normal, mas na maioria das vezes esquecemos do outro e não medimos as conseqüências das nossas palavras. Quando uma pessoa não controla a cobiça, o resultado é a inveja, que desperta o instinto animal de prejudicar o próximo pela difamação. O vaidoso que é infestado pelo orgulho e pela arrogância, é muito propenso a usar a fofoca. O egoísmo é o resultado da maldade, da indiferença para com o semelhante e, portanto, pela falta de escrúpulos pode-se criar as mas desalmadas mentiras com a idéia de prejudicar o semelhante. Os homens não têm escrúpulos e por isso estão se destruindo, com mentiras, murmurações, mexericos e fofocas e em todas elas o "ingrediente" principal é a vida do próximo.
Em resumo enquanto que fofocar significa intrigar, caluniar consiste em difamar fazendo acusações falsas ou atribuindo falsamente a alguém fato definido como crime. Na calúnia, portanto, há violência maior. Ainda procuramos negar e esconder este fenômeno quando dele somos vítimas. Sentimos vergonha de sermos caluniados quando a vergonha seria adequada sentir por aquele que gera a calúnia. Por vezes, até mesmo nos submetemos ao caluniador do grupo em que convivemos.
Afirmativas como "onde há fumaça há fogo", em verdade são armas utilizadas pelos caluniadores. O correto é: "onde há fumaça há um caluniador". Para bom entendedor, quem está sendo exposto não é o caluniado, mas sim o caluniador: revela-se e desvenda um interior conflitado.
O caluniador é uma pessoa que está sempre em conflito consigo mesmo.

 PÍLULA DA FRATERNIDADE


A fofoca traduz um sentimento de maldade de disseminar como joio a intriga, ao passo que a calúnia mostra o forte instinto maldoso de usurpação da dignidade do outro pelo engodo e o embuste.

Fonte de pesquisa: Google

QUE ESSAS INFORMAÇÕES POSSAM ESCLARECER MUITAS DÚVIDAS...
TRADUCCIÓN:
HOY El REALLYTANDO QUIERE HABLAR DE 5 TEMAS QUE PERMEIAM NUESTRAS VIDAS Y A VECES CAUSAN DAÑOS IRREVERSSÍVEIS, PARA QUE PODAMOS ESTAR ESCLARECIDOS Y ATENTOS! SON TEMAS PESADOS PERO NECESITAMOS IDENTIFICARLOS...
1- FALSEDAD
2- ENVIDIA
3- CALÚNIA
4- DIFAMAÇÃO E INJÚRIA
5- FOFOCA
FALSEDAD:
 Falsedad es la característica del que no es verdadero.
De hecho, lo ser humano muchas veces se siente, en nuestra sociedad, casi gracias a ser falso. La mentira, el engodo, el engaño, la falsa apariencia, la esnobação y la desfaçatez son géneros de primera  necesidad en los relacionamentos entre las personas. El orgullo y la búsqueda de reconocimiento traen consigo la necesidad casi inadiável de aparentar algo que no se es.
La falsedad en su concepción trae a la persona correctos provechos, como, por ejemplo, omitir su condición, mostrarse de manera diferente para llevar ventajas, obtener logros, ascenso social, desmoralizar otras personas, entre otros.
Esa parece ser la ética del mundo. Rui Barbosa, el gran jurista brasileño, afirmó cierta vez, de entre otras cosas, que de tanto ver triunfar la mentira y la falsedad, tenía hasta vergüenza de ser honesto.
Es fácil hacer un relato más interesante añadiendo a él algunos detalles, como también es fácil fraudar una historia cuando le dispensamos una omissão o acción. ES simple deducir que no existe lo que se puede llamar de #8220;falsedad &particular”, o sea, una información fuera del verdadero no perjudica solamente la persona quea practica.
Bento XVI: La falsedad es la marca del diablo:
VATICANO, 26 Ago. 12 / 09:35pm (ACI/EWTN Informas).- En sus palabras previas a la oración del Ângelus, junto a los fieles reunidos en su residencia de Castel Gandolfo, Papa Bento XVI recordó la traición de Judas, que permaneció no por amor, pero por venganza, y cuya culpa más grave "fue la falsedad, que es la marca del diablo".
"Las palabras están llenas de falsedad o de arte; el mirar es el lenguaje del corazón."William Shakespeare”.
ENVIDIA:
Envidia o invídia es un sentimiento de tristeza ante lo que el otro ha y la propia persona no tiene. Este sentimiento genera el deseo de haber exactamente lo que la otra persona tiene (puede ser tanto cosas materias como calidades inerentes al ser).
A inveja é originária desde tempos antigos, escritos em textos, que foi acentuado no capitalismo e no darwinismo social, na auto-preservação e auto-afirmação.
A inveja pode ser definida como uma vontade frustrada de possuir os atributos ou qualidades de um outro ser, pois aquele que desea tales virtudes es incapaz de alcanzarla, sea por la incompetencia y limitación física, sea por la intelectual. Envidia es la última palabra de Los Lusíadas de Camões. La envidia es uno de los pecados capitales del cristianismo.
Napoleão Bonaparte acostumbraba afirmar que "la envidia es un atestado de inferioridade."
Los ataques de la envidia son los únicos en que el agresor, si pudiera, prefería hacer el papel de la víctima. El ciúme jamás está redimo de una punta de envidia. Frecuentemente esas dos pasiones están confundidas".
Está en el carácter de muy pocos hombres admirar sin envidia un amigo que prosperó".
Difícil pensar en peor carácter que lo del bajulador, excepto quién lo envidia." El hombre modesto tiene todo a ganar y el orgulloso todo a perder: es que la modestia tiene siempre a ver con la generosidade y el orgullo con la envidia".
Envidia es el deseo por atributos, posesiones, status, habilidades de otra persona. No es necesariamente asociada a la uno objeto: su característica más típica es la comparación desfavorable del status de una persona en relación a la otra. Envidia es uno de los sentimientos que puede causar los mayores dolores en el ser humano. Generalmente, cuando existe una estima de algún objeto de deseo, y aún si este dé status, la envidia se instala. (Se dice objeto de deseo para cosas no palpáveis también). ES fruto también de la comparación con las otras personas. Ella no existe sin que antes el individuo no haya hecho comparaciones. ES a auto-aversión por no ser como los otros son. ES preciso pero, diferenciar la envidia, de la búsqueda del bienestar. Puede decirse que es errado trabajar, luchar para conquistarse el objeto de deseo? El deseo por la conquista del objeto que nos falta, cuando hecho con humildade y honestidad, no es envidia.
Si una persona se destaca en alguna actividad, por más tola que pueda parecer, el envidioso está pronto para aparecer y apuntar el dedo e intentar minimizar el hecho de su prójimo. Un electrodoméstico nuevo, un tenis de la moda, o aún uno jugueteo bien colocado en combinación con una ropa extremadamente común, ya se hace motivo para elogios, ni siempre sinceros. Surge un sentimiento de rabia, de ira, porque generalmente el envidioso siéntese muy más merecedor de la conquista del que el otro. El envidioso no aguanta tener una otra persona invadiendo su territorio, que en su lassidão, dejó de ocupar, por pura incapacidad y o inercia. El envidioso es capaz de boicotear, de fofocar de hacer trampas, a fin de destruir el otro. Quiere probar, al menos para sí aún, que él es mejor. Pero en su íntimo, se siente menor del que los otros, aumenta, si vangloria, enaltece a sí aún, pues de esa forma abranda el malestar del desequilibrio. Habla excesivamente bien de las propias cosas, buscando disminuir el otro a través de crítica. No percibe muchas veces sus frustrações, es cómo se ni existieran, porque inmediatamente está de prontidão, pronto para realizar más un hecho de disminución, descaracterização, burlando sus propias angustias.
CALÚNIA, DIFAMAÇÃO, INJÚRIA Y FOFOCA, SABIENDO DIFERENCIAR:
Calúnia es una afirmación falsa y desonrosa acerca de alguien. La calúnia consiste en atribuir, falsamente a la alguem la responsabilidad por la práctica de un hecho determinado definido como crimen. En la jurisprudencia tenemos: la calúnia pide dolo específico.
El concepto de honra , comprende tanto aspectos objetivos , como subjetivos , de modo que , aquellos representarían lo que terceros piensan acerca del sujeto – su reputación - , mientras estos representarían el juízo que el sujeto hace de sí aún – su amor-propio - . En la definición de Victor Eduardo Gonçalves la honra “es el conjunto de atributos morales , físicos e intelectuales de una persona , que la hacen merecedora de apreço en la convivencia social y que promueven su auto-estima”
La difamação , por su parte , consiste en atribuir a la alguien hecho determinado ofensivo a su reputación . Así , si “A #8221;&dice que “B” fue trabajar embriagado semana pasada , constituye crimen de difamação . La injúria , de otro lado , consiste en atribuir a la alguien calidad negativa , que ofenda su dignidad odecoro . Así , si “A #8221;&llama “B” de ladrón , imbécil etc. , constituye crimen de injúria .
La calúnia se aproxima de la difamação por alcanzar la honra objetiva de alguien , por medio de la imputação de un hecho , por consumarse cuando terceros tomen conocimiento de tal imputação y por permitan la retratação total , hasta la sentencia de 1la Instancia
La difamação se destingue de la injúria , pues la primera es la imputação a la alguien de hecho determinado , ofensivo a su reputación – honra objetiva - , y se consuma , cuando un tercero toma conocimiento del hecho , diferentemente de la segunda en que no se imputa hecho , pero calidad negativa , que ofende la dignidad o el decoro de alguien – honra subjetiva - , además de consumarse con el simple conocimiento de la víctima.
Calúnia en el Derecho Penal brasileño:
La calúnia es tipificada en el artículo 138 del Código Penal Brasileño . Juntamente con la difamação y la injúria constituye el capítulo de #8220;Crímenes &contra la Honra”. Por el texto del artículo, será punido también aquel que propagar calúnia que sabía ser información falsa. Por ser un crimen formal no exige la ocorrência de resultado y consúmase en el momento en que un tercero toma conocimiento de la mentira caluniosa, aunque no provoque el daño esperado. Admite tentativa, en el caso del medio de propagação de la calúnia haber sido interceptado antes de llegar a la manos del tercero.
Ocurrirá la extinción de la punibilidade siempre que el agente haga una retratação completa, satisfactoria e incondicional, reconociendo públicamente su error. Es acto unilateral, personal y que independe de la anuência del ofendido, debiendo ser realizada hasta la publicación de la sentencia de primer grado. Calúnia es un término que viene del latim, calumnia, engodo, embuste. La calúnia no se confunde ni con la difamação ni con la injúria, otros dos crímenes contra la honra. La difamação (del latim diffamare) significa desacreditar, siendo un crimen que consiste en atribuir a alguien hecho ofensivo a su reputación de persona fiel a la moralidade y a las buenas costumbres. No se confunde con la calúnia, pues esta consiste en una imputação injusta de hecho tipificado como crimen. En la difamação lo que se busca es desacreditar la víctima, aunque sin apuntarla como autora de hecho criminal.
Cuánto a la injúria del latim injuria, de in jus, injusticia, falsedad, se trata de un crimen contra la honra consistente en ofender, verbalmente, por escrito, o físicamente (injúria real), la dignidad o el decoro de alguien. La injúria ofende el moral, abate el ánimo de la víctima, mientras que la calúnia y la difamação hieren la moral de la víctima.
FOFOCA es el mexerico, intriga, la bisbilhotice Es un mal que para muchos es divertimento sin importancia, pero que es extremadamente destrutivo: La gana de pasar informaciones forma parte del hombre, es la comunicación, es una acción humana natural y normal, pero en la mayoría de las veces olvidamos del otro y no medimos las consecuencias de nuestras palabras. Cuando una persona no controla la codicia, el resultado es la envidia, que despierta el instinto animal de perjudicar el prójimo por la difamação. El vanidoso que es infestado por el orgullo y por la arrogancia, es muy propenso a usar la fofoca. El egoísmo es lo resultado de la maldad, de la indiferencia para con el semejante y, por lo tanto, por la falta de escrúpulos se puede cree las me las desalmadas mentiras con la idea de perjudicar el semejante. Los hombres no tienen escrúpulos y por eso están destruyéndose, con mentiras, murmurações, mexericos y fofocas y en todas ellas el "ingrediente" principal es la vida del prójimo.
En resumo mientras que fofocar significa intrigar, calumniar consiste en difamar haciendo acusaciones falsas o atribuyendo falsamente a alguien hecho definido como crimen. En la calúnia, por lo tanto, hay violencia mayor. Aún buscamos negar y esconder este fenómeno cuando de él somos víctimas. Sentimos vergüenza de ser calumniados cuando la vergüenza sería adecuada sentir por aquel que genera la calúnia. Por veces, incluso nos sometemos al caluniador del grupo en que convivimos.
Afirmativas como "donde hay humo hay fuego", en verdad son armas utilizadas por los caluniadores. El correcto es: "donde hay humo hay un caluniador". Para bueno entendedor, quien está siendo expuesto no es el calumniado, pero sí el caluniador: se revela y desvela un interior conflitado. El caluniador es una persona que está siempre en conflicto consigo aún.
PÍLULA DE LA FRATERNIDADE:
La fofoca traduce un sentimiento de maldad de disseminar como joio la intriga, mientras que la calúnia muestra el fuerte instinto maldoso de usurpação de la dignidad del otro por el engodo y el embuste.

O UNIVERSO RESPONDE PORQUE NEM TUDO QUE RELUZ É OURO! E assim o cosmo respondeu rapidamente a todas as humilhações e perseg...